Acesso aos clientes

 
(11) 5506-8500
 

Curiosidades sobre Pragas

RATOS

Dados da EXPOPRAG 2000—III Congresso Internacional de Controle de Vetores e Pragas (maio de 2000)

● Existem de 2 a 3 ratos por habitante na Grande São Paulo;
● Características para ratos de esgoto: peso = 300 gramas ;
● Quantidade de alimento consumido por dia = 30 gramas (10% do seu peso);
● Quantidade de alimento estragado por dia = 300 gramas (10 vezes mais)
● Quantidade de ratos (para Grande São Paulo) = 41,5 milhões de indivíduos
● Quantidade de alimento consumido por dia = 1.245 toneladas, ou seja, 24.450.000 refeições de 500 g estragadas. Daria para alimentar 8.150.000 pessoas por dia (3 refeições diárias).
● Perdas representadas pelos ratos na Grande São Paulo por ano: R$ 760 milhões.

FORMIGAS

● Levantamento realizado em 1994 pelo Instituto Biológico em 12 hospitais do Estado de São Paulo mostrou que todos eles apresentavam infestações de formigas.
● Em um deles (Hospital das Clínicas de Marília) isolaram várias bactérias resistentes em 50% das formigas coletadas.
● Locais com maior índice de infestação foram: berçários (41,9% de ocorrências) e UTIs (41,7% de ocorrências).
● Pesquisadores americanos demonstraram que as formigas lavapés (Solenopsis sp) apresentam atração pelo campo elétrico, o que explica constantes ataque a aparelhos eletro-eletrônicos.
● Substituição da dominância: quando a população de uma espécie diminui, outra exerce a dominância.
● De acordo com esse levantamento, a diversidade de bactérias presentes nas formigas foi maior do que as isoladas no ambiente.
● A resistência das bactérias aos antimicrobianos foi mais elevada nas bactérias isoladas das formigas.

BARATAS

● Testes realizados na UNICAMP, no Laboratório de Imunologia Clínica e Alérgica, revelaram que 34% das pessoas alérgicas são sensíveis a proteínas de baratas.
● Nos EUA, um grupo de 480 crianças foi acompanhado durante um ano passando por testes de medição de hipersensibilidade dérmica para alérgenos de baratas, ácaros e gatos.
● Os resultados apontaram que 36,8% do grupo desenvolveu asma em presença de alérgenos de baratas, 34,9% em presença de alérgenos de ácaros e 22,7% em presença de alérgenos de gatos.
● As baratas podem causar asma crônica por causa do contato de nosso sistema imunológico com alérgenos de dejetos, ovos, saliva e exoesqueleto. Em 1998 foi realizado um estudo durante um ano em oito cidades americanas, com 1500 crianças asmáticas. Resultado: crianças com os piores casos de asma, que sofriam ataques mais freqüentes e agudos eram aquelas com maior sensibilidade e exposição a barata. Essas crianças tinham 3 vezes mais hospitalização que crianças asmáticas.
● As baratas têm dispersão passiva podem adentrar no ambiente transportadas junto às embalagens.