Acesso aos clientes

 
(11) 5506-8500
 

Dicas Smart

artigo-3Dicas pra proteger seu imóvel, seu negócio e sua família! Previna-se!

Leia mais: Dicas Smart

01 - Baratas em caixa de papelão

 
Dicas-Smart-Baratas
Você sabia que, sem perceber, você pode levar para dentro de sua casa baratas escondidas em caixas de papelão?  Previna-se!

 

Leia mais: 01 - Baratas em...

02 - Combate ao Aedes aegypti


     Campanha-Aedes-top
     
  

MESMO NO INVERNO O MOSQUITO NÃO TIRA FÉRIAS! 

Você sabia que os ovos do mosquito podem resistir por mais de 1 ano 

sem contato com a água, à espera de condições favoráveis para eclosão?

  
     

 Campanha-Aedes-1   
Fure os pneus e guarde-os em locais protegidos das chuvas.
                              
      Campanha-Aedes-5           Manter a lixeira sempre fechada e não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos.
             
Campanha-Aedes-2   Manter totalmente fechadas com tampa adequada cisternas, caixas d'água e reservatórios provisórios, tais como tambores e barris.   Campanha-Aedes-6   Guarde garrafas ou latas tampadas ou de cabeça para baixo.
             
Campanha-Aedes-3    Não use pratos sob os vasos de plantas.   Campanha-Aedes-7   Faça manutenção de piscinas com os níveis de cloro adequados principalmente quando em desuso.
             
Campanha-Aedes-4   Limpe periodicamente calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água.   Campanha-Aedes-8   Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água.

10 fatos sobre o Aedes aegypt
 
1 - De origem egípcia, o mosquito Aedes aegypti espalhou-se para outros continentes no século 16, por meio de navios que traficavam escravos.

2 - O Brasil erradicou o Aedes aegypti, que na época causava a febre amarela, em 1955.

3 - Porém ele reapareceu no final da década de 1960 e atualmente está presente em todo território brasileiro.

4 - A fêmea é a responsável por picar as pessoas e transmitir os vírus da degue, chikungunya e o zika; estima-se que ela pique uma pessoa a cada três dias.

5 - É preciso água parada para que os ovos do Aedes aegypti eclodam, formem a larva e depois se transformem em mosquito adulto.

6 - O ovo do Aedes aegypti só é eliminado quando a pessoa lava o criadouro com uma esponja e joga essa água no solo de terra ou em chão cimentado, para o liquido evaporar rapidamente. Caso contrário quando a água atingir esse ovo, a larva vai eclodir, mesmo que seja um ovo “velho”. O ovo do mosquito pode resistir por até um ano e, quando em contato com água novamente, em 10 minutos ele eclode, forma a larva e depois vira mosquito transmissor das doenças.

7 - A fêmea do Aedes aegypti prefere depositar seus ovos em locais sombreados e com água parada, tais como Bromélias, tampa de garrafa, canudos de plástico, lata de alumínio, automóveis parados, lona de carros utilitários, frestas e irregularidades do terreno que possam empoçar água, calhas sujas e caixas d'água destampadas. As larvas não gostam de luz.

8 - O mosquito vive até 30 dias e a fêmea consegue depositar até mil ovos.

9 - Os mosquitos machos não picam humanos e se alimentam de soluções açucaradas vegetais, como néctar e seiva; as fêmeas também gostam dessas soluções, mas precisam do sangue humano para poder gerar nos filhotes.

10 - As pessoas não sentem a picada do Aedes aegypti porque a saliva do mosquito carrega um anestésico que anula a sensibilidade.